Equoterapia

A equoterapia é um meio de reabilitação que utiliza o cavalo e o ambiente como instrumentos terapêuticos para o tratamento de pessoas com deficiência. Em 1977, a técnica foi reconhecida como método terapêutico pelo Conselho Federal de Medicina.


O cavalo é usado como instrumento terapêutico, pois a cadência dos passos do animal é muito similar com a do homem. A média de passos humanos é de, aproximadamente, 110-120 por minuto e um cavalo grande caminha nesta mesma velocidade. Durante uma sessão de 30 minutos, o cavaleiro terá a oportunidade de desenvolver diversas habilidades motoras, sendo levado a centenas de deslocamentos específicos, permanecendo na posição adequada e se equilibrando na linha média em harmonia com os movimentos do cavalo.

A interação com o animal, desde os primeiros contatos e cuidados até a montaria, desenvolve novas formas de comunicação, socialização e autoestima, sendo essencial para a reabilitação física e psíquica.


Outros benefícios da equoterapia são:

  • Melhora na funcionalidade motora e equilíbrio
  • Aumento da capacidade respiratória e circulatória
  • Coordenação motora e consciência corporal
  • Melhora da consciência corporal, estruturação espacial e orientação temporal
  • Melhora no convívio social
  • Incentivo da comunicação, atenção e concentração