Saiba como a equoterapia pode ajudar portadores de deficiências visuais

A equoterapia em pacientes amputados
30 de agosto de 2018
Os benefícios da equoterapia para crianças com Síndrome de West
30 de agosto de 2018

Saiba como a equoterapia pode ajudar portadores de deficiências visuais

A cada passo do cavalo, o centro de gravidade do praticante é desviado da linha média, estimulando as reações de equilíbrio e proporcionando a restauração do centro dentro da base de sustentação.

O sistema vestibular é trabalhado repetidamente, estimulando as conexões com o sistema nervoso central e periférico; por meio de inúmeras repetições do movimento do andar do cavalo, o mecanismo dos reflexos posturais é reeducado durante os 30 minutos de sessão.

Além dos estímulos corporais, o ambiente da terapia, o contato com o cavalo e os comandos verbais também trabalham os sentidos: tato, olfato e audição.

Movimento é o que não falta em uma sessão de equoterapia, pois a tomada de consciência que o praticante necessita ter enquanto está montado é de fundamental importância para que haja uma sincronia entre cavalo e cavalheiro, tornando-se um só.

Venha saber mais sobre o trabalho realizado pelo Instituto Andaluz! Entre em contato pelo telefone (41) 3027-1666 ou envie um e-mail para andaluz@institutoandaluz.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *